Desvio de septo

10 cuidados no pré-operatório da cirurgia de desvio de septo

O nariz é constituído por ossos, cartilagem e mucosas. Para separar uma narina da outra, existe uma parede, a qual muitas vezes não é reta e apresenta uma alteração em sua disposição. Essa deformação é conhecida como desvio de septo e pode ser ocasionada por distúrbios congênitos ou pode ser resultado de processos alérgicos, inflamatórios, cirúrgicos ou traumas provocados no nariz. 

A alteração no septo torna-se um problema quando passa a interferir na qualidade respiratória de um indivíduo. Os sintomas do desvio podem ser bastante incômodos. Entre eles, estão: obstrução nasal, rinossinusite crônica, sangramento e retenção das secreções, que podem originar sinusites. Além disso, pessoas que possuem o desvio de septo podem apresentar dificuldade para dormir, respiração pela boca, cansaço e dores de cabeça. É normal também que muitas pessoas não apresentem nenhum sintoma. 

A septoplastia é recomendada quando esses sintomas tornam-se extremamente incômodos para o paciente. O pós-operatório é rápido, mas é preciso seguir as orientações médicas para que não haja complicações. 

10 cuidados no pré-operatório da cirurgia de desvio de septo

O paciente que se submeter à septoplastia deve seguir rigorosamente as orientações médicas, tanto no pré quanto no pós-operatório.

1- Alimentação

Uma alimentação leve e balanceada ajuda a fortalecer o organismo. Além disso, o tipo de alimento consumido poderá influenciar no resultado da cirurgia e no pós-operatório. Um exemplo é a vitamina C, que possui micronutrientes importantes no processo de cicatrização, além de agir como antioxidante e combater possíveis inflamações.

2- Evite o consumo de cigarro

A recomendação é que o uso do cigarro deve ser cortado com, no mínimo, duas semanas que antecedem a cirurgia. Isso porque ele interfere na oxigenação do fluxo sanguíneo e compromete o sistema respiratório. O cigarro também retarda o processo de cicatrização e deixa o paciente propenso a infecções.

3- Não consuma bebidas alcoólicas

O álcool age diretamente no sangue, prejudicando a coagulação e aumentando o risco de sangramento durante a cirurgia.

4- Medicamentos

É indicado que seja interrompido o uso de medicamentos que alterem a coagulação do sangue. Mas, para isso, é importante conversar com os médicos que fazem o acompanhamento.

5- Risco cirúrgico
É importante que todos os exames indicados pelo médico otorrinolaringologista sejam realizados, pois eles são essenciais para garantir a segurança do paciente durante a cirurgia. 

6- Siga as instruções
É muito importante que o paciente siga as instruções do médico que irá realizar a cirurgia tanto no pré quanto no pós-operatório, pois pequenos deslizes podem não só comprometer o sucesso da cirurgia, mas também causar complicações graves.

7- Jejum

Como em toda cirurgia, é recomendável que o paciente esteja em jejum. Para isso, deve suspender a alimentação e a ingestão de líquidos no dia anterior ou seguir a indicação do médico em relação à quantidade de horas.

8- Ajuda

O pós-operatório requer alguns cuidados específicos, como não abaixar a cabeça, não ter contato com o calor e não comer alimentos sólidos. Por isso, é fundamental que o paciente tenha auxílio de uma pessoa no período de recuperação. Antes mesmo da cirurgia, combine a ajuda com algum parente ou amigo.

9- Esclareça dúvidas

Para que não haja dúvidas sobre o procedimento, esclareça todas as questões com o seu médico. Não tenha vergonha de expressar todas as suas curiosidades. Assim, você fica mais seguro em relação à cirurgia.

10- Programe-se

O pós-operatório requer cuidados indispensáveis, por isso programe-se e compre o material e o medicamento indicados pelo médico antes mesmo de realizar o procedimento. 

A cirurgia de desvio de septo é simples, mas, como todo procedimento, traz medo e insegurança. Por isso, seguir as recomendações médicas tanto no pré quanto no pós-operatório são fundamentais para garantir a segurança e o sucesso do procedimento. 

Quer saber mais? Clique no banner e saiba mais sobre Otorrinolaringologia

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp