implante coclear

Entenda o que é implante coclear e quando é indicado

Pacientes com surdez de severa a profunda contam com uma nova opção de tratamento para recuperar parte da audição: o implante coclear ou “ouvido biônico”, um aparelho eletrônico implantado próximo ao ouvido do paciente e que ajuda na recuperação da audição.

O aparelho tem sido utilizado em pacientes com surdez de severa a profunda que não conseguem bons resultados com as próteses auditivas convencionais. O implante estimula o nervo auditivo por pequenos eletrodos que são colocados na cóclea. Esses estímulos são levados via nervo auditivo para o cérebro, ajudando o paciente a ouvir.

Como funciona o implante coclear?

O implante coclear é constituído de 2 partes: a unidade externa e a unidade interna. A unidade externa é aquele acoplado atrás da orelha e que fica aparente ao paciente. Composto por uma antena transmissora e um microfone, o aparelho capta o som do ambiente e o transmite ao processador de fala. Esse processador é responsável por codificar os sons em impulsos elétricos que são transmitidos através da pele do paciente, por meio de radiofrequência, e chega até a unidade interna.

A unidade interna é implantada por uma cirurgia e possui um feixe de eletrodos que será posicionado na cóclea (órgão da audição com formato de caracol) e conectado a um decodificador que fica localizado na região atrás da orelha, implantado por baixo da pele.

Junto ao receptor, ficam a antena e o ímã que servem para fixar a unidade externa e captar os sinais elétricos. Esse receptor é responsável por converter os sons, estimulando diretamente as fibras no nervo auditivo. Essa estimulação é percebida pelo nosso cérebro como som.

Além do benefício principal que é o retorno da audição, o implante coclear ajuda no desenvolvimento da fala e da linguagem compatíveis com a idade, no restabelecimento da audição nas crianças ou nos adultos que a perderam durante a vida, na melhora da comunicação e dos níveis de audição, resultando em aumento da confiança e da autoestima.

Quando o implante coclear é indicado

O procedimento é indicado para pacientes que possuem perda auditiva bilateral de severa a profunda e não se beneficiaram com o uso de próteses auditivas. Esses pacientes são divididos em 2 grupos: os pós-linguais e pré-linguais.

Chamamos de pós-linguais os pacientes que escutavam e por algum motivo perderam a audição após o desenvolvimento da fala. Já os pacientes pré-linguais são aqueles que já nasceram sem audição ou a perderam antes do desenvolvimento da fala. É importante ressaltar que, quanto mais precoce for o implante, melhores serão os resultados.

Antes da indicação da cirurgia, é importante que o paciente consulte um otorrinolaringologista para o diagnóstico da causa, do tipo e da gravidade da surdez. Somente após realizados os exames, o profissional poderá indicar o procedimento. O tratamento bem-sucedido com implante coclear é feito por uma equipe interdisciplinar composta por diferentes profissionais, desde médicos otorrinolaringologistas até fonoaudiólogos, psicólogos e assistentes sociais.

Quer saber mais? Clique no banner!

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp