Laringismo

Laringismo: o que é e como tratar

O laringismo é definido como uma condição viral que causa inflamação ao redor das cordas vocais. Seus principais sintomas são falta de ar e uma intensa tosse. Muitos dos vírus que causam laringismo também causam um resfriado, por isso é importante estar atento aos sintomas nos períodos mais frios do ano.

Os sintomas mais frequentes do laringismo são: sensação de frio, com espirros e corrimento nasal; febre; tosse canina; dificuldade para respirar; voz rouca. Os sintomas costumam ser mais intensos em crianças menores de três anos, devido à imaturidade do seu sistema respiratório. Portanto, é importante buscar ajuda médica assim que iniciarem os sintomas.

As causas da doença são muitas, mas a maioria dos casos ocorre devido ao vírus parainfluenza, que causa o famoso resfriado. Entre outros vírus que podem causar o laringismo, estão: adenovírus (outro grupo de vírus do resfriado comum); vírus sincicial respiratório (RSV), germe que afeta crianças com mais frequência; vírus do sarampo; alegrias; inalação de substâncias irritantes e infecções bacterianas.

Diagnóstico e tratamento do laringismo

O diagnóstico deve ser feito por um médico especialista que analisará os sintomas, como a tosse, e solicitará exames de imagem, como ultrassom da garganta, para descartar outras condições respiratórias.

Felizmente, a maioria dos casos pode ser tratado em casa, com o uso de medicamentos. Em alguns casos, recomenda-se o uso de umidificadores de ar, que podem ajudar a melhorar a respiração

Se a causa do laringismo é um vírus, ele geralmente desaparece depois de uma semana. Se for devido a uma infecção bacteriana, é necessário o tratamento antibiótico, cuja duração depende da gravidade da infecção. Como as complicações geralmente estão relacionadas à dificuldade para respirar, é importante buscar assistência imediata caso os sintomas não melhorem com o tratamento indicado.

Alguns dos casos mais graves o laringismo são causados ​​por doenças como o sarampo ou a difteria, uma grave infecção bacteriana contra a qual as crianças são vacinadas. Para evitar essas doenças, os pais devem respeitar o calendário de vacinação de seus filhos.

Prevenção

O melhor tratamento continua sendo a prevenção: melhorar as defesas do corpo com alimentação saudável, rica em verduras, frutas e legumes, e tomar bastante água, já que o pulmão produz, por dia, 800ml de secreção que é eliminada em forma de vapor.

É importante, também, manter a casa e o ambiente livres de poeira e sujeira, principalmente para evitar o agravamento de doenças simples; evitar lugares fechados; fazer exercícios regulares; ter uma boa alimentação e descansar.

Além disso, recomenda-se o acompanhamento médico nos casos de manifestação recorrente do laringismo, para identificação das causas e definição de um tratamento adequado, que promova uma melhora na qualidade de vida do paciente e possa aliviar os sintomas.

Quer saber mais? Clique no banner!

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp